03 JUL 2020 | ATUALIZADO 14:30
POLÍTICA
01/06/2020 16:14
Atualizado
01/06/2020 16:15

“Bolsonaro brinca com a vida da população”, afirma Jean Paul

A+   A-  
O senador disse nesta segunda-feira (1º) que é revoltando a ausência de preocupação do governo federal com a saúde da população, demonstrada pela não indicação de um ministro da saúde enquanto o Brasil sofre com a pandemia da Covid-19.
Imagem 1 -
FOTO: WAGNER PIRES/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

O senador Jean Paul Prates (PT-RN) criticou, nesta segunda-feira, 1º de junho, a falta de compromisso do governo Bolsonaro com a saúde pública da população brasileira.

Depois de duas trocas no comando do ministério em menos de um mês, o Brasil está há 17 dias sem ministro da saúde titular. “É revoltante a ausência de preocupação do governo federal com a saúde da população demonstrada pela não indicação de um ministro da saúde. Não temos um gestor para comandar o enfrentamento ao coronavírus no Brasil. Enquanto isto, os governadores lutam para salvar a vida da população e se desdobram para reduzir o avanço da pandemia nos estados”, disse.

Jean Paul ressaltou ainda que, enquanto o Brasil não tem ministro, o coronavírus tem se alastrado de forma alarmante, chegando a quase 70% dos municípios.

O Brasil é o segundo país com mais casos confirmados da Covid-19, atrás apenas dos Estados Unidos, que registravam mais de 1,7 milhão, segundo dados da universidade norte-americana Johns Hopkins.

“Somos uns dos únicos países do mundo sem um ministro ou gestor no combate a pandemia de covid-19. O vírus já atingiu 1.489 municípios nordestinos e, infelizmente, somos a região com maior número de cidades com casos confirmados de covid-19, ultrapassando o Sudeste, primeira região afetada pelo vírus no Brasil”, afirmou.

Também foi criticado pelo parlamentar, o descumprimento de lei e das orientações da Organização Mundial da Saúde pelo presidente da república. Nas manifestações do último domingo (31), em Brasília, Bolsonaro cumprimentou apoiadores e desrespeitou o decreto do governo do Distrito Federal que tornou obrigatório o uso das máscaras em espaços públicos.

“O presidente Bolsonaro é contra as medidas de distanciamento social e ‘brinca’ com a saúde da população. Para piorar o quadro no Brasil, temos a fábrica de FakeNews que tenta convencer parte da população sobre a inexistência ou a falta de gravidade da pandemia no país”, completou Jean Paul.


Notas

Compra Notebook

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário