06 DEZ 2021 | ATUALIZADO 17:36
ESTADO
15/10/2021 09:34
Atualizado
15/10/2021 14:47

“O RN se projeta cada vez mais na área das energias renováveis”, diz Fátima

A+   A-  
Nesta quinta-feira (14) a governadora do RN recebeu representantes da CTG Brasil, que se instala oficialmente no Estado no Hub de Inovação e Tecnologia de Senai-RN. Braço da empresa chinesa líder em produção de energia hidrelétrica no mundo, o escritório brasileiro pretende lançar chamada para apoio a projetos na área de hidrogênio verde, considerada a maior do Brasil até o momento.
Imagem 1 -  “O RN se projeta cada vez mais na área das energias renováveis”, diz Fátima. Nesta quinta-feira (14) a governadora do RN recebeu representantes da CTG Brasil, que se instala oficialmente no Estado no Hub de Inovação e Tecnologia de Senai-RN. Braço da empresa chinesa líder em produção de energia hidrelétrica no mundo, o escritório brasileiro pretende lançar chamada para apoio a projetos na área de hidrogênio verde, considerada a maior do Brasil até o momento.
“O RN se projeta cada vez mais na área das energias renováveis”, diz Fátima. Nesta quinta-feira (14) a governadora do RN recebeu representantes da CTG Brasil, que se instala oficialmente no Estado no Hub de Inovação e Tecnologia de Senai-RN. Braço da empresa chinesa líder em produção de energia hidrelétrica no mundo, o escritório brasileiro pretende lançar chamada para apoio a projetos na área de hidrogênio verde, considerada a maior do Brasil até o momento.
FOTO: SANDRO MENEZES

Durante visita de cortesia nesta quinta-feira (14), a governadora Fátima Bezerra, acompanhada do vice-governador Antenor Roberto, conheceu representantes da CTG Brasil, que se instala oficialmente no Rio Grande do Norte no Hub de Inovação e Tecnologia de Senai-RN.

Braço da empresa chinesa líder em produção de energia hidrelétrica no mundo, o escritório brasileiro pretende lançar chamada para apoio a projetos na área de hidrogênio verde, considerada a maior do Brasil até o momento.

“O Senai já é um grande parceiro nosso. Fico muito feliz com a chegada de uma empresa tão importante ao Rio Grande do Norte. Vai enriquecer ainda mais o nosso estado”, destacou a governadora ao lembrar que recentemente assinou protocolo de intenções com a empresa Neoenergia S/A, para execução de projeto piloto para produção de hidrogênio verde.

Veja mais:

Governo do RN celebra acordo para armazenamento verde de energia


“O RN se projeta cada vez mais na área das energias renováveis, já somos o maior produtor do país em eólica onshore (em terra). E caminhamos para ser o primeiro Estado a produzir offshore”, completou.

Veja mais:

RN será o 1º estado do Brasil a produzir energia eólica no mar


Presente em mais de 40 países, a China Three Gorges Corporation (CTG), da qual a CTG Brasil faz parte, tem investimentos em expansão também para geração de energia eólica e solar.

No Brasil, as operações tiveram início em 2013 e posicionam a companhia como segunda maior geradora de energia elétrica com capital privado, no ranking nacional.

“A CTG possui parques eólicos em sociedade no Rio Grande do Norte. Já temos projetos desde 2015 e estamos buscando outros investimentos”, explicou o diretor de estratégia e desempenho empresarial da CTG, Sílvio Sculuglia.

“Hoje somos os maiores geradores de energia hidrelétrica do mundo. Agora temos o objetivo de investir em energia renovável solar e eólica. A intenção de ter um escritório com agenda tão importante de inovação a serviço do desenvolvimento do estado e da CTG é muito importante”, completou o gerente de pesquisa e desenvolvimento da CTG, Carlos Nascimento.

Também estavam presentes à reunião o senador Jean Paul Prates; o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico (Sedec), Jaime Calado, e o diretor de desenvolvimento energético da Sedec, Hugo Fonseca; o diretor-presidente da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Norte (Fapern) e a assessora técnica da presidência, Lílian Oliveira; o diretor do Idema, Leon Aguiar; e ainda o superintendente de tecnologia do Senai Nacional, Jefferson Gomes, e a especialista em desenvolvimento industrial, Paula Nadai; o diretor do Instituto Senai de Inovação, Rodrigo Melo; e o gerente de projetos da CTG, José Valverde.


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário