20 NOV 2019 | ATUALIZADO 12:00
POLÍCIA

Mossoroense envolvido em roubos de carros é morto a tiros em Baraúna

Vítima é conhecida por Juninho Carneiro; Ele estava na porta de casa quando os atiradores chegaram; Ele correu para o quintal, mas foi alcançado e morto
19/10/2019 12:16
Atualizado
19/10/2019 12:20
A+   A-  
Imagem 1 -  Juninho Carneiro havia sido preso duas vezes pela Divisão de Polícia do Oeste por roubo de carros e após isto sofreu duas tentativas de homicídio
Juninho Carneiro havia sido preso duas vezes pela Divisão de Polícia do Oeste por roubo de carros e após isto sofreu duas tentativas de homicídio

O mossoroense Antônio Carneiro Xavier Junior foi executado com vários tiros no início da manhã deste sábado (19) no Centro da cidade de Baraúna-RN.

A vítima estaria na calçada de casa quando os atiradores teriam se aproximado. Juninho Carneiro teria tentado se esconder dentro de casa, mas foi perseguido e morto no quintal.

A Polícia Militar da cidade de Baraúna foi acionada ao local, mas quando chegou os assassinos já haviam fugido. A Polícia Civil e o ITEP foram acionados para iniciar as investigações.

O corpo de Juninho Carneiro ou Juninho Queiroz está sendo removido para exames na sede do ITEP, em Mossoró, devendo ser entregue a seus familiares em seguida para sepultamento.

O Blog Passando na Hora, Juninho havia sido preso no dia 9 de fevereiro de 2017, em Baraúna, com dois carros roubados e na Justiça ele teria apontado uma quadrilha de roubo de carros.

Junto com ele, havia sido preso o mecânico Matheus Vinícius Conrado Lopes, que também teria prestado depoimento na Justiça apontando esta quadrilha de roubo de carros.

Matheus terminou assassinado no dia 28 de março de 2018 dentro da oficina do pai no bairro Belo Horizonte, zona sul de Mossoró, por dois homens que fugiram numa moto Bloz.

Veja mais

Preso de Justiça é morto dentro da oficinal do pai em Mossoró

O Juninho Carneiro também já havia sofrido tentativa de homicídio, inclusive no dia que ele foi prestar depoimento no Fórum Municipal Desembargador Silveira Martins em Mossoró.

Veja mais

Bandidos tentam matar preso de justiça e atingem motorista de Uber

Juninho foi socorrido para o Hospital Regional Tarcísio Maia e teria sofrido outra tentativa de homicídio. Passou uns tempos desaparecidos, sem que nem a polícia soubesse dele.

Na manhã deste sábado (19), Juninho Carneiro foi abordado a tiros na porta da casa dele, em Baraúna, e terminou executado no quintal. O caso vai ser investigado pela Polícia Civil.

Notas

Compra Notebook

Publicidades

Novas inscrições MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário