06 DEZ 2021 | ATUALIZADO 17:36
Matéria
COM INFORMAÇÕES DA CNN BRASIL
15/10/2021 17:28
Atualizado
15/10/2021 17:29

Ministério da Saúde reduz de 12 para 8 semanas intervalo da vacina AstraZeneca

A+   A-  
O anúncio foi feito pelo ministro Marcelo Queiroga. Segundo o Ministério da Saúde, o envio de 100% das doses da vacina produzida no Brasil pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) já foi concluído, possibilitando completar o esquema vacinal de toda população adulta e reduzir o intervalo entre as doses.
Imagem 1 -

O Ministério da Saúde anunciou, nesta sexta-feira (15), que o intervalo entre a primeira e a segunda dose do imunizante contra a Covid-19 da AstraZeneca será reduzido de 12 para 8 semanas no Brasil.

Segundo a pasta, o envio de 100% das doses da vacina produzida no Brasil pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) já foi concluído, possibilitando completar o esquema vacinal de toda população adulta e reduzir o intervalo entre as doses.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, confirmou a informação em uma publicação em sua rede social.

Até o momento, o Governo Federal já distribuiu mais de 310 milhões de vacinas contra a Covid-19 para todos os estados e Distrito Federal.

Nesta etapa da campanha de vacinação, o ministério envia vacinas para serem utilizadas como dose de reforço da população acima de 60 anos, pessoas imunossuprimidas e profissionais de saúde, além da imunização de adolescentes com comorbidades.

De acordo com o ministério, também serão enviadas, nas próximas distribuições, doses da Pfizer para completar o esquema vacinal, respeitando o intervalo de 8 semanas.

Com informações da CNN Brasil

Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário